Sling ou Canguru? Entenda as diferenças entre eles

6 minutos para ler

Qual é a melhor forma de carregar o bebê? Sling ou canguru são as respostas mais comuns para quem busca uma opção confortável e que deixa as mãos livres para outras atividades. Mas a escolha pode não ser simples. É comum que os pais fiquem perdidos entre as duas opções, que são igualmente práticas — mas têm características muito diferentes.

Antes de escolher entre um sling ou canguru, confira as vantagens de cada uma das opções. Queremos ajudar você a encontrar um modelo que facilite a sua rotina e que te deixe pertinho do seu bebê. Boa leitura!

Sling ou canguru? Conheça as diferenças

Na história, inúmeras civilizações utilizaram (e ainda utilizam) tecidos e amarrações para carregar os bebês próximos ao corpo. O hábito foi praticado e aprimorado durante séculos, ao redor do mundo.

Recentemente, a prática voltou a ganhar força e passou a ser fortemente recomendada para os pais que acreditam no poder da conexão com as crianças. Além disso, carregar o bebê em um sling ou canguru pode ter até mesmo um efeito calmante nos pequeninos.

Outros benefícios do uso do sling ou canguru são:

  • facilita no momento da amamentação, por manter o bebê próximo ao tronco da mamãe;
  • deixa os pais livres para outras tarefas, enquanto cuidam da criança, facilitando a rotina;
  • acalma e reduz a ansiedade por separação, que pode impactar os bebês nos picos de crescimento;
  • potencializa a conexão entre o adulto e a criança.

Que o sling e o canguru são acessórios utilizados para carregar o bebê próximo ao corpo, você já sabe. Ambos são feitos de uma peça única, ajustável, que pode ser adaptada para as diversas fases de desenvolvimento da criança.

Mas na hora de montar o enxoval do bebê, é fácil entender qual deles vale mais a pena. O primeiro passo para a decisão é compreender exatamente o que diferencia um sling de um canguru.

O que é um sling?

Sling é uma faixa de tecido, geralmente com 5 metros de comprimento, pensada para carregar o bebê próximo ao corpo. O suporte é estruturado a partir das possíveis amarrações, que permitem que a criança seja posicionada no tronco do adulto.

Ao puxar as duas tiras de pano e entrelaçá-las no corpo, é possível obter um espaço no qual a criança será encaixada — com os pezinhos e mãozinhas ficando soltos. É uma incrível ferramenta para segurar bebês de todas as idades.

Conheça as vantagens do sling

Por ser feito de uma faixa de tecido ajustável, o sling pode ser arrumado de forma a carregar até mesmo um recém-nascido. Além disso, permite variações nas amarrações, que podem ser adequadas da forma que fizer mais sentido para a troca entre o bebê e a mamãe (ou papai).

Conheça as desvantagens do sling

Ainda que o sling tenha muitas vantagens, existem alguns cuidados que são essenciais para que o acessório não apresente nenhum risco para a segurança da criança.

Para começar, como o sling é pensado por amarrações, o adulto deve se certificar de que sabe manusear o carregador de bebês da melhor maneira. Os ajustes devem ser firmes, seguros, e não podem prender ou sufocar a criança. Vale dizer, ainda, que no primeiro momento as amarrações podem ser desafiadoras.

A boa notícia é que existem inúmeros tutoriais na internet que podem ajudar. Vale aproveitar as fases da gestação para testar e experimentar as possibilidades e descobrir a melhor maneira para fazer as transições (colocar e tirar a criança do acessório).

Outro ponto de atenção do sling é que a experiência do bebê com o acessório pode ser bem diferente quando o adulto está de pé, agachado ou sentado. Vale prestar atenção para evitar riscos de sufocamento ou machucadinho de algum membro.

O que é um canguru?

O canguru para criança é um acessório estruturado, que pode ser chamado também de mochila ergonômica ou carregador para bebês. Fofo, não? O modelo é feito de uma composição de tecido, espuma e fechos, que incluem alças reguláveis e variações de posição de uso.

Alguns modelos de canguru multifuncional contam com diferenciais, como apoio para cabeça ou mesmo pequenos bolsos para armazenar itens como celular ou cartão de crédito. É pura praticidade!

Seja como for, em ambos os casos (com um sling ou canguru), os pais conseguem transportar e se movimentar enquanto carregam o bebê, dividindo o peso da criança entre os braços e as costas. Mas ainda que existam inúmeras opções para carregadores de crianças disponíveis no mercado, as vantagens e desvantagens são bem particulares.

Conheça as vantagens do canguru

O canguru de bebês tem regulagem fácil e pode ser ajustado de maneira bastante simples. Os fechos por clipe ou zíper permitem que a rotina de uso seja prática, agilizando o processo para os pais.

Para as crianças um pouco maiores, após os 6 meses de vida, o canguru também é uma alternativa que contribui para a divisão do peso do bebê no corpo dos pais. Assim, é uma opção fantástica até mesmo para passeios divertidos com a criança.

Conheça as desvantagens do canguru

Por ser uma peça muito similar a uma mochila, o canguru de bebês nem sempre será bem aceito pela criança. Existem alguns pequenos que demonstram resistência ao acessório, o que é mais difícil de acontecer com o sling (que é apenas uma faixa de tecido bem estruturada).

Além disso, nem todos os cangurus são indicados para recém-nascidos. Existem modelos que podem ser adaptados e utilizados em bebezinhos nas suas primeiras semanas de vida. Mas, no geral, o carregador começa a ser mais útil quando a criança já está mais firme e tem um pouco de autonomia para sustentar o próprio pescoço.

Como decidir entre os dois?

A escolha entre sling ou canguru deve levar em consideração a afinidade dos pais com o acessório. Uma boa pedida é visualizar, a partir do seu perfil, o que combina mais com a sua característica: algo de tecido, um pouco mais natural e até mesmo intuitivo, ou a segurança de um acessório pronto para utilizar.

Não existe fórmula ou receita para escolher o carregador para bebês que seja ideal para você. Seja para utilizar dentro ou fora de casa, esse é o tipo de item que pode estar na lista do seu chá de bebê, por exemplo.

Tudo certo para a escolha entre sling ou canguru? Então se você gostou das dicas, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber outros conteúdos exclusivos diretamente o seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário