Entenda como é o desenvolvimento do bebê na barriga

6 minutos para ler

Se existe fase mais bonita e mágica na vida da mulher do que a gestação, desconhecemos. São muitas descobertas, além de grandes transformações, principalmente, para mamães e papais de primeira viagem. O desenvolvimento do bebê na barriga envolve curiosidades, além de ser uma experiência incomparável.

Do primeiro ao último mês, todo o organismo da gestante se encarrega de fornecer os nutrientes adequados para que o filho se prepare para nascer. Quer saber os principais segredos do desenvolvimento do bebê na barriga? Acompanhe a leitura!

O que está acontecendo no primeiro trimestre da gravidez?

O início de tudo! Os três primeiros de gestação correspondem às 13 primeiras semanas. Apesar de não notarmos transformações externas no corpo, saiba que lá dentro tudo muda de forma rápida. Para começar, há uma grande alteração hormonal, o que explica aquele cansaço e sono repentinos.

Nas primeiras quatro semanas, o óvulo de encontra com o espermatozoide, e o zigoto se move em direção ao útero. As células se multiplicam e temos os primórdios do sistema nervoso.

Por volta da quinta semana, o coração do bebê já começa a bater, mesmo ele ainda tendo apenas 0,5 cm de comprimento. É possível que você já consiga escutá-lo no ultrassom — o que é um momento de grande emoção. Fígado, intestino e rins também se desenvolvem, além do cérebro e da medula.

O bebê ainda é um pequeno grão, mas braços e perninhas já começam a dar os primeiros sinais. Durante esse início de desenvolvimento, é importante evitar o consumo de álcool, já que a substância pode prejudicar a evolução do feto, está bem?

Na mulher, aumenta a vontade de urinar, há aumento dos seios e um leve crescimento dos quadris. Além da sonolência e cansaço já citados, podem surgir os famosos enjoos. A boa notícia é que no próximo trimestre a tendência é tudo isso passar.

Apesar de ainda não se ter grandes mudanças aparentes, é importante consultar o médico e acompanhar o pré-natal. Essa é uma fase que faz diferença para o desenvolvimento do bebê na barriga.

Como meu bebê está se desenvolvendo no segundo trimestre da gestação?

Na opinião de muitas mamães, o segundo trimestre de gestação é o mais prazeroso, já que foram embora aqueles sintomas desagradáveis das primeiras semanas. Uma mudança deliciosa nessa fase é o surgimento da barriga, que acontece por volta da 13ª semana.

No entanto, cada mulher tem um biotipo, então, dependendo do seu, é possível que note apenas uma pequena protuberância no baixo ventre. Com a nova alteração hormonal, a vontade urinar diminui. No entanto, outros incômodos podem surgir, como as câimbras e as dores nas costas. Mas não se preocupe, pois com descanso e muita água, isso costuma diminuir.

O desenvolvimento do bebê na barriga dá uma acelerada. Por volta do quarto mês, ele já tem 19 centímetros e 200 gramas. Também há o desenvolvimento de músculos, o que contribui para ele começar a se mexer, dando pequenos socos e pontapés. Apesar de ser bastante ativo quando está acordado, ainda dorme bastante: cerca de 18 horas por dia.

Quem não conseguiu ouvir o coração do bebê na fase anterior, com certeza, poderá agora, pois ele já está com seus órgãos mais bem formados. Os rins, por exemplo, já funcionam. Significa que ele faz xixi. O líquido, no entanto, não faz mal, já que se dissolve dentro da barriga da mãe.

Essa época é marcada pelo descobrimento do sexo do bebê, um dos momentos de grande expectativa dos pais. Claro que há aqueles que preferem a surpresa na hora do parto, então, se essa for a sua opção, não se esqueça de combinar com o médico, viu?

Lá pelo 18ª semana, o bebê já está com 26 centímetros e 500 gramas. É mais ativo e, provavelmente, já encanta você com o tanto que se mexe. Aproveite o momento para passar a mão na barriga e interagir com ele, pois, além de reconhecer a sua voz, é uma forma de criar um vínculo, que será importante após o nascimento.

Na 26ª semana, o bebê já tem suas pálpebras formadas e consegue abri-las. A íris ganha uma cor azulada e ele se torna ainda mais sensível aos sons externos. Ele começa a acumular gordura, pesa cerca de 700 gramas e mede 30 centímetros.

Quais são os processos que acontecem no terceiro trimestre da gestação?

As mudanças no corpo e na mente foram intensas nos últimos seis meses e ainda há outras por vir. Esses próximos três meses são marcados por ansiedade e um pouco de insegurança, pela expectativa de conhecer a criança e o receio de passar pelo parto.

Os órgãos do bebê continuam a crescer. Além disso, os sentidos se tornam mais apurados, e cabeça e tronco mais proporcionais. Ele já tem as atividades cerebrais mais complexas, mas o cérebro ainda não completou o desenvolvimento. Consegue controlar a respiração e tem por volta de 70 reflexos diferentes, como distinguir sabores e abrir e fechar as mãos.

No sétimo mês, já tem 900 gramas e mede entre 35 e 43 centímetros. As próximas semanas são marcadas pelo acúmulo de mais gordura. Até o nono mês, ele pesa por volta de 3 quilos e tem 50 centímetros.

Próximo de nascer, o bebê tem a palma da mão e a planta do pé enrugados. Já tem o pulmão desenvolvido, com presença de surfactante, substância que ajuda a manter os alvéolos pulmonares abertos. Além disso, tem 270 ossos e seu coração bate entre 120 e 150 vezes por minuto. Entre a 37ª e a 42ª, está pronto para nascer.

Uau! Como é rico todo o desenvolvimento do bebê na barriga da mãe, não acha? Saiba que você pode ajudá-lo a crescer ainda mais saudável. Nossa dica é se alimentar bem, ter momentos de descanso e de interações. Sempre que puder, converse e passe a mão na barriga. Isso fará bem não só para ele, mas também, para você.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe o texto nas suas redes, pois ele pode ajudar outras mamães!

Posts relacionados

Deixe um comentário