Primeira consulta do bebê: veja as nossas dicas para se preparar

4 minutos para ler

Após sair da maternidade com aquele pequenino ser no colo, é impossível não sentir um misto de felicidade com preocupações, que envolvem a responsabilidade de cuidar e zelar por outra vida. Justamente por isso, é fundamental que você seja amparada por profissionais de sua confiança, atenciosos e que estejam dispostos a fazer essa jornada ser prazerosa para você e seu bebê.

Provavelmente, a primeira consulta do bebê ao pediatra será também a primeira saída de casa dele. Nessa fase, é extremamente importante mantê-lo o mais protegido possível de aglomerações, estímulos externos, como calor, frio, barulhos, sons altos, cheiros e luzes fortes.

Por isso, planeje bem esse momento. Caso use transporte público, evite os horários e dias de pico. Ao chegar no consultório, procure evitar o contato dele com outras crianças, para minimizar riscos de eventuais doenças. Confira as nossas dicas!

Mas, afinal, o que o pediatra deve fazer?

O pediatra deve fazer um check up geral no seu bebê, avaliando diversos aspectos: medidas gerais, vitalidade, coloração, tônus muscular, intensidade do choro e presença de malformações. Também fará avaliações relacionadas aos reflexos e à mobilidade do neném, como Reflexo de Moro, Manobra de Ortolani e Marcha Reflexa. Então, não se assuste com alguns movimentos inusitados que ele fará no seu bebê.

O médico deverá acompanhar a carteirinha de vacinação, explicar sua necessidade e reforçar sua importância, sempre alertando para as datas das próximas imunizações. Ele também vai questionar se o bebê está mamando no peito ou não, como andam as fezes, se tem muitas cólicas, gases, se regurgita ou arrota com facilidade, além de outras dúvidas relacionadas ao comportamento do seu filho.

Ele também dará início ao acompanhamento do desenvolvimento do neném, para avaliar se se ele está crescendo na taxa esperada, analisando altura (comprimento) e peso, e se eles correspondem ao que é considerado saudável. Essa análise será feita por meio da Tabela de Crescimento, que vai ajudar você a acompanhar o desenvolvimento do seu filho.

O que preciso levar na consulta?

Caso seu pediatra não tenha acompanhado sua gestação, na primeira consulta do bebê, ele precisará ser informado dos eventos mais relevantes que aconteceram entre você e o seu filho. Todos os documentos com histórico do recém-nascido, anotações, informações sobre o parto, nota de Apgar e outros exames realizados nas primeiras horas de nascimento. Compartilhe tudo que julgar necessário com seu médico.

Antes da consulta, planeje com seu companheiro uma lista com todas as dúvidas que possam ter sobre os cuidados com seu neném, como sono, alimentação e atenção com a pele. Não tenha vergonha nem timidez de fazer perguntas, pois faz parte do papel do pediatra sanar todos os seus questionamentos relacionados à saúde e bem-estar do seu filho, inclusive, aspectos da amamentação e eventuais dificuldades.

Qual a frequência ideal para as visitas médicas?

O Ministério da Saúde recomenda que a rotina de consultas do seu bebê contemple consultas na:

  • 1ª semana;
  • 1º mês;
  • 2º mês;
  • 4º mês;
  • 6º mês;
  • 9º mês;
  • 1 ano;
  • 1 ano e meio;
  • 2 anos.

A partir dos 2 anos de idade, as consultas de rotina devem ser no mínimo anuais, próximas ao mês de aniversário, ou a cada 6 meses. Algumas crianças necessitam de maior atenção e devem ser vistas com maior frequência. O seu médico vai orientar você em relação a essas particularidades, se for o caso.

O pediatra será seu parceiro durante todo o seu desenvolvimento do seu filho. Então, é ideal encontrar um profissional que traga confiança e que pense parecido com você, para conseguir criar uma dinâmica positiva e harmoniosa, compartilhando informações e oferecendo o suporte necessário para os cuidados do seu pequeno.

Desde a primeira consulta do bebê, conte com a companhia de outras pessoas importantes para a jornada com o seu filho. A presença do pai da criança, de outra pessoa da família ou de um amigo próximo pode facilitar a ida ao médico com o neném.

Gostou do conteúdo que preparamos para você? Compartilhe nas redes sociais e ajude outras mães a entender melhor como será a primeira consulta do recém-nascido!

Posts relacionados

Deixe um comentário