Primeiros sintomas de gravidez: como ter certeza que o bebê está a caminho?

6 minutos para ler

É incontestável que a forma mais segura de confirmar uma gravidez é por meio de exames indicados por médicos que avaliam o nível e a produção hormonal da mulher. No entanto, entre familiares, amigas e conhecidas não faltam relatos e mais relatos de gestantes que descobriram que esperavam um filho por meio dos primeiros sintomas de gravidez, não é mesmo?

Afinal de contas, a gestação traz muitas mudanças psicológicas e, acima de tudo, físicas. Logo, não são poucas as mulheres que as vivenciam na prática e têm muitas histórias para contar.

Este artigo reúne alguns dos indícios mais comuns que explicam como tornar esses nove meses mais saudáveis, tanto para a mãe quanto para o bebê. Acompanhe!

Veja os primeiros sintomas de gravidez

Reunimos quais são os primeiros e mais recorrentes sintomas de gravidez que acontecem no corpo da mulher, para que seja possível identificá-los com mais facilidade. Confira!

Náusea

Náusea é um dos sintomas de gravidez mais frequente entre as mulheres. Ela pode ocorrer de forma natural, geralmente entre o acordar e a primeira refeição do dia, ou ser desencadeada por algum cheiro ou sabor.

Seios inchados

Com a gravidez, o corpo da mulher tem uma produção crescente de hormônios que altera o organismo e estimula a produção do leite materno, o que pode causar inchaço e e sensibilidade nos seios.

Mudança de humor

Outro efeito é a mudança de humor. Porém, não se trata de uma alteração patológica que envolve, por exemplo, depressão e euforia, mas sim a vivência das emoções à flor da pele. Muitas mulheres ficam mais emotivas, outras mais introspectivas, algumas mais animadas e outras, por sua vez, mais facilmente irritadas.

Alteração dos sentidos

Sim, os hormônios também estão por trás das alterações dos sentidos, como o olfato e o paladar. Por isso, é normal que a gestante estranhe pratos com os quais sempre esteve habituada, enquanto comece a gostar de outros para os quais torcia o nariz.

Aumento da libido

Como vimos, algumas gestantes também vivenciam um aumento da libido — que está relacionado às alterações físicas comuns nesse período —, principalmente nos primeiros trimestres da gravidez.

Fadiga

Devido ao compartilhamento dos nutrientes com o bebê e às constantes mudanças físicas — que podem, inclusive, prejudicar a qualidade do sono —, é comum ver gestantes com uma fadiga praticamente diária. Para se ter ideia, mais de 70% das grávidas apresentam esse sintoma, como apontado em pesquisa da Acta Paulista de Enfermagem.

Constipação

Outro exemplo de sintoma na gravidez é a constipação intestinal, que chega a ocorrer em quase 30% das gestantes, como mostra estudo da Revista Brasileira de Coloproctologia. Ela ocorre principalmente pelo excesso dos hormônios femininos, em especial a progesterona. Esse aumento hormonal também pode trazer alterações no funcionamento gastrointestinal.

Atraso na menstruação

Ao contrário do que se imagina, a menstruação não atrasa apenas porque um óvulo foi fecundado. Ela também pode ocorrer na gravidez, motivada pelas mudanças de humor e o alto nível hormonal no organismo.

É possível não ter sintomas de gravidez?

Sim, é possível que uma gravidez ocorra com poucos ou mesmo nenhum dos sintomas que foram listados. No entanto, casos assim não são comuns, acontecendo com poucas mulheres. Popularmente, essa gestação é conhecida como silenciosa por conta dessa característica tão marcante.

É por isso que casais que não utilizam qualquer método anticoncepcional na rotina precisam estar atentos. Isso vale, por exemplo, para aqueles que estão tentando iniciar ou ou aumentar a família.

Isso porque, com o devido acompanhamento ginecológico e a realização exames de sangue de rotina — o famoso Beta HCG quantitativo —, é possível ter a confirmação da gravidez e se preparar adequadamente para a chegada do bebê.

Entenda como ter uma gestação mais saudável

Para concluir, que tal conferir algumas dicas de como ter uma gestação mais saudável? Afinal, elas contribuem não só para o bom desenvolvimento do bebê, mas também para o bem-estar, saúde e disposição da futura mamãe. Por isso, tome nota!

Busque ajuda especializada

Uma vez confirmada a gravidez, é indispensável contar com a ajuda especializada de um médico obstetra. Afinal, esse é o profissional que pode tirar dúvidas sobre o desenvolvimento da gestação, os cuidados necessários com a saúde, o passo a passo do pré-natal, os tipos de partos disponíveis, os preparativos para a amamentação etc.

Tenha uma alimentação saudável

É interessante contar com o acompanhamento de um nutricionista durante a gravidez. Dessa forma, será possível ter acesso a uma dieta alimentar adequada para diferentes necessidades, que forneça todos os nutrientes necessários ao bebê e que ajude a mulher a passar mais tranquilamente pelas mudanças desse período.

Exercite-se regularmente

Uma terceira dica é se exercitar de forma regular, fazendo, por exemplo, natação, ioga, corrida, pilates, zumba etc. Afinal, gravidez não significa ficar parada ou de repouso constante por nove meses, viu? Mulheres grávidas podem e devem praticar alguma atividade — exceto, é claro, nos casos de restrição médica.

Exercícios físicos melhoram a imunidade, proporcionam bem-estar físico e mental, ajudam a reduzir os sintomas da gestação, contribuem para o controle do peso, melhoram a circulação sanguínea e muito mais.

Mantenha uma boa rotina de sono

Manter uma rotina de sono regular, descansando pelo menos oito horas diárias, é fundamental para atenuar o cansaço que acontece devido à maior produção hormonal e a expansão do útero para o crescimento do bebê — assim como as alterações abdominais que surgem decorrentes dela.

Como vimos, os primeiros sintomas de gravidez podem ser bem diversos. Por isso, ao notá-los, é recomendado procurar atendimento médico não apenas para confirmar a possível gestação, mas também para ter os esclarecimentos sobre os primeiros sintomas da gravidez.

E para inspirar você desde já, não deixe de conferir o nosso artigo sobre como fazer um chá de bebê!

Posts relacionados

Deixe um comentário