3 momentos do neném e os utensílios do bebê para ajudar no dia a dia

5 minutos para ler

Hoje em dia, existe uma infinidade de utensílios para facilitar os cuidados com bebês. Então, é difícil dizer o que é essencial ou não, pois varia de acordo com a necessidade e a forma de cada mãe cuidar do seu filho.

Antes de o seu bebê nascer, é fundamental já ter uma boa noção dessas coisas, quais as funcionalidades de cada utensílio e as principais precauções que você deve ter em cada atividade.

Neste post, queremos ajudar você com a lista dos principais utensílios de bebê para que a sua jornada fique mais fácil. Confira!

3 momentos do neném que precisam de utensílios básicos

A rotina com seu recém-nascido precisa ser o mais simplificada possível para que você não sofra desgastes desnecessários. Então, na hora de comprar os utensílios para bebê e o enxoval, vale a pena pensar nos momentos que não vão faltar no seu dia a dia. Veja!

1. Banho

Você vai precisar de uma banheira de plástico, que pode variar bastante de tamanho, preço e modelo. Se possível, busque uma que tenha suporte para deixar a banheira mais alta e não exigir tanto de suas costas ao dar banho.

Sabonetes e shampoos especiais para bebês podem ser facilmente encontrados em qualquer loja e são indispensáveis porque eles têm a pele muito sensível. Alguns sabonetes já servem para o corpo todo, inclusive os cabelos. Dê preferência aos mais naturais e hipoalergênicos.

2. Amamentação

Na fase de amamentação, é importante pensar no seu conforto, afinal, você estará constantemente com o seu bebê no colo, dando de mamar. Poltronas e almofadas específicas para isso não são itens obrigatórios, mas ajudam nesse conforto.

Babadores são necessários para conter as regurgitações do bebê, que são bem constantes. Também são cada vez mais comuns e utilizadas as bombinhas para tirar o leite, que permitem extrair seu leite e guardar para dar depois. Isso traz um pouco mais de liberdade para a mãe nessa fase, e permite que o pai, os avós ou outros parentes ajudem na alimentação do bebê quando for necessário.

Copos de treinamento e mamadeiras são úteis conforme a necessidade do bebê e da mãe na amamentação. Caso ela não possa amamentar, por exemplo, o bebê vai precisar de uma fórmula artificial receitada pelo pediatra.

3. Passeios

Segundo a legislação brasileira, cadeirinhas de carro são obrigatórias para transportar bebês e crianças até 10 anos de idade ou que não tenham atingido 1,45 metros. Ou seja, se você tem carro, ao sair do hospital ou maternidade, sua cadeirinha já deve estar instalada para levar seu bebê. Se possível, procure aquelas que durem mais tempo e acompanhem o crescimento do seu filho.

Os carrinhos de bebê são indispensáveis. Procure aqueles com rodas largas, fivelas de fácil manuseio e posição reclinável, para que o neném fique quase deitado nos três primeiros meses, até ele desenvolver melhor a musculatura do pescoço. O principal é que seja prático de usar e manobrar. Se você tiver carro, é importante que ele não seja muito difícil de colocar e tirar do seu porta-malas.

Do mais simples ao mais sofisticado, o sling é cada vez mais usado por mães e pais para transportar seus filhos a pé. Além de trazer muito conforto para os bebês, que amam esse contato direto com o corpo dos seus pais, o sling é legal porque deixa suas mãos livres enquanto você caminha com seu pequeno.

O canguru tem a mesma funcionalidade, com a diferença da praticidade em montar e desmontar. Como tem fivelas que abrem e fecham, facilita o momento de colocar e tirar o bebê.

Itens que facilitam a rotina e trazem segurança

Tanto para limpar o bebê, quanto para se limpar durante e após essa atividade, os lenços umedecidos serão um aliado diário. Se o material estiver irritando a pele do bebê, tente trocar de marca, isso pode resolver. Pomadas antiassaduras também são imprescindíveis e seguem essa mesma lógica de testar marcas, se preciso.

Uma dica para esse tipo de item é comprar em grande quantidade, para economizar com as promoções. Mas só faça isso após testar marcas e achar a que melhor se adapta ao corpo do seu filho, evitando gastos desnecessários.

Babás eletrônicas são extremamente úteis para quem mora em casas grandes, mas podem ser desnecessárias em espaços menores. Avalie seu caso e veja como você se adapta ao uso dela.

Para evitar preocupações, tenha sempre um bom termômetro para acompanhar a temperatura do bebê e saber quando ele estiver com febre. Algo pouco lembrado é uma tesourinha ou cortador para as unhas do bebê, que crescem rápido.

Alguns itens podem ser funcionais e decorativos ao mesmo tempo, como um abajur, para suavizar a luz do quarto durante as mamadas noturnas, e um móbile de berço, que além de bonitinho, pode entreter bastante seu recém-nascido. Música é bem-vinda no quarto do seu filho e pode até ser um hábito para ajudá-lo a dormir.

São muitas informações e detalhes, você não vai decorar todos eles de uma vez só. Mas fique tranquila, isso é natural. O mais importante é dar amor e carinho ao seu filho: o resto são questões práticas que, de uma forma ou de outra, você vai resolver.

Gostou das nossas dicas? Conheça todo o enxoval de Baby na Ri Happy e escolha os utensílios de bebê que você já sabe que vai precisar para ter uma rotina mais tranquila com seu recém-nascido!

Posts relacionados

Deixe um comentário